sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Você é favorável à aprovação do PLC 122/2006 que torna crime o preconceito contra homossexuais?


PARTICIPE DA ENQUETE DO SENADO FEDERAL


OS SENADORES QUEREM SABER:
Você é favorável à aprovação do PLC 122/2006
que torna crime o preconceito contra homossexuais?




EU VOTO NÃO!

"O texto "Torna crime o preconceito contra os homossexuais" tem um aspecto muito subjetivo na sua exegese. Ele rotula como preconceito a crítica aberta e franca à opção opção homossexual. Que não querem ser criticados. Um pai pode ser acusado de homofóbico se ensinar aos filhos que a opção homossexual é contra os princípios bíblicos. Um pastor pode ir para a cadeia se ensinar o que está escrito, por exemplo, na Carta de Paulo aos Romanos. Como a causa homossexual não é considerada religião, em outros países, como por exemplo no Chile, são impressos manuais de homossexualismo para distribuir nas Escolas Públicas com o avla do Ministério da Educação.

Na Suécia, onde tal lei foi aprovada, os pastores das Igrejas evangélicas foram constrangidos por medo a modificar a Liturgia dos cultos. Vão ser obrigados, inclusive, a realizar cerimônicas de "casamento" gays.

Isso fere o direito evangélico de culto, pois temos a Bíblia Sagrada como regra de fé e prática. Os evangélicos desta nação não ensinam o ódio a gays dentro da Igreja. Os crentes não matam gays. Se esta lei passar com a redação do substitutivo atual, vai cercear nosso direito de crítica e expressão de opinião.

E por fim, criminalizar alguém por criticar e discordar da opção sexual de alguém é um campo perigoso. Além de hétero e homo tem muitas outras opções inclusive a pedofilia.

É por isso que eu sou contra. Este projeto de lei, no fundo, vai é institucionalizar o preconceito e a discriminação contra os evangélicos e seus pastores. Para mim isto é um cala-boca. Uma mordaça sob o amparo de uma lei incostitucional."



Clique aqui para participar
(Você será direcionada(o) inicialmente para o site da União de Blogueiros Evangélicos - aproveite para conhecer e se filiar)

Créditos: João Cruzué, blog Olhar Cristão


Veja também:

Os fatos sobre a homossexualidade

4 comentários:

Anônimo disse...

Discordo, acho que cada um tem sua opção sexual indepentende de crença e religião. E é crime sim ofender, agredir um homosexual só porque ele não gosta do que você gosta.

Você gostaria de ser agredido por ateus porque você é religioso?

É a mesma coisa.

seuservo.net disse...

Anônimo,

Só vou repetir o que o autor do post já disse: "Os evangélicos desta nação NÃO (grifo meu) ensinam o ódio a gays dentro da Igreja. Os crentes não matam gays. Se esta lei passar com a redação do substitutivo atual, vai cercear nosso direito de crítica e expressão de opinião".

Nicole disse...

Caro amigo;
Acredito que o seu ponto de vista, seja um tanto quanto equivocado e apesar de não gostar de me envolver, me senti na obrigação de contestar.
Um pai tem o dever de ensinar um filho e orienta lo da melhor maneira que assim conhecer, tendo como base a crença de cada um. Os pastores, tem o direito de pregar o que julgam certo e governo algum mudará isso...e ai está a diferença entre preconceito e crença. Creio que os ensinamentos que Jesus deixou para a minha religião, sejam os mesmos que deixaram para vocês..."amar ao próximo como a si mesmo", não encontrei em nem um lugar esse mandamento com parentes falando "amar ao próximo como a si mesmo (exceto os homossexuais)", o que nos levaria a crer que Deus nós ama de formas diferente e não é o caso. Ninguém é obrigado a achar isso certo, cada um é livre para pensar e agir, isso vale para todos, inclusive os homossexuais que muitas vezes são privados de alguns direitos. Claro que evangélico não mata gay e cristão também não faz exorcismo e mulçumanos não matam em nome de Deus, mas a questão não é quem comete o erro, a questão deveria ser "somos todos filhos de Deus" e no fim, "todos irmãos". Vocês podem não fazer nada contra os gays, mas e quem faz? e quem mata? e quem humilha? e quem julga?...é desculpável e não merecem que a lei os punam, pq ser gay não é certo?
Bom, mas eu não quero mudar a cabeça de ninguém, mesmo pq eu respeito a sua opnião e a idéia é respeito, só isso! Será que em todos os cultos realizados, o que é pregado, é o ensinamento, a orietação ou é o julgamento dos nossos irmãos??
Att. Nicole.

Nicole disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

nRelate - Posts Only