quinta-feira, 6 de junho de 2013

O que fazer se seu celular for roubado ou perdido



Recentemente aconteceram dois fatos com pessoas próximas a mim. Uma teve seu celular perdido e a outra teve seu celular roubado e o segundo fato só veio a confirmar o que já pretendia, que seria, escrever um artigo sobre essas duas situações.


1ª situação: O celular foi perdido. O que fazer?




                                      
Obviamente que, a primeira atitude que uma pessoa toma ao perder seu celular é simplesmente procurar um jeito de ligar para ele. Se o celular não estiver muito longe de você e com um som de chamada audível, que beleza! Você vai ouvir o toque e ir em busca dele, isto é tranquilo, o problema é quando o celular está longe e ninguém que, possivelmente o tenha encontrado, atende.

No primeiro caso aqui ocorrido, a bateria do celular estava descarregando e considerei que alguém que o pudesse ter encontrado não tinha um carregador para carregá-lo e por isto não atendeu. Após várias tentativas de ligação (alguns dias se passaram na esperança de alguém de boa índole o tivesse encontrado)  e de tanto ouvir a mensagem "Este telefone encontra-se fora de área ou desligado", finalmente o sinal de chamada foi enviado, porém, ninguém atendeu. Insisti na chamada e ocorreu algo estranho, tocou por alguns momentos e parou. Resolvi então, enviar uma mensagem de texto que dizia o seguinte:

"Vc que encontrou esse celular será recompensado hj"

Aguardei o retorno e como não o obtive, cheguei à conclusão que aquela pessoa que encontrou o aparelho não estava com as melhores das intenções. Adotei então, os seguintes procedimentos:

1- Liguei para a operadora para bloquear a linha;
2- Solicitei à operadora para também bloquear o aparelho;
3- Dirigi-me até a delegacia mais próxima (no caso, a que cobre a área onde o celular foi perdido), onde foi registrado um B.O. (Boletim de Ocorrência).


2ª situação: O celular foi roubado. O que fazer?



No caso da segunda pessoa, o celular foi roubado e, de acordo com o relato dela,  o meliante encontrava-se perto de um poste, se aproximou e ordenou que ela entregasse o celular a outro comparsa que estava próximo e ela, sem reagir, o entregou. Graças a Deus que não aconteceu nada com ela, fora o susto. Aqui cabe uma dica: a depender do seu aparelho, configure-o para vibrar primeiro e tocar depois e antes de atender observe o local onde você está. Se não sentir seguro para atender, tente tocar no aparelho para desligar enquanto ainda está vibrando visando não chamar a atenção.

Nesse caso os procedimentos a adotar são os mesmos para quem perdeu o celular, a diferença é que no B.O. será registrado roubo ao invés de perda.


Duas dicas importantes

Primeira dica

A primeira dica é que, enquanto você estiver com seu celular (muito antes de ter sido roubado ou perdido), tenha em sua casa, guardada, a caixa do seu aparelho. Nela são encontradas informações úteis que lhe servirão para cumprir os procedimentos nºs 2 e 3 acima. Na embalagem você encontrará:
  • A marca do celular
  • O modelo do celular
  • O número de série
  • E o número do IMEI (esta é a informação mais importante)
IMEI (International Mobile Equipment Identity), em português, Identificação Internacional de Equipamento Móvel é um número de identificação global dividido em 4 grupos, seguindo um padrão  nnnnnn-nn-nnnnnn-n. É único e existe em cada telefone celular.


Segunda dica

Se você não tiver a caixa do aparelho (possa ser que você tenha jogado a caixa fora, perdido ou comprado de segunda mão) existem duas formas de identificação do IMEI: 

1ª - olhando na etiqueta colada no aparelho retirando-se a bateria;
2ª - digitando no teclado com o aparelho ligado o código *#06# 

Essas identificações dos celulares conectados a uma rede GSM são armazenados em um banco de dados chamado de Registro de Identidade de Equipamentos (EIR), que contém os números de todos os equipamentos móveis válidos no planeta. Ao ser reportada à operadora a perda ou o roubo do aparelho através do IMEI, automaticamente o aparelho será bloqueado, independente de qual chip (SIM Card) esteja inserido. O celular não receberá ou efetuará mais chamadas.


Observações
1- Não esqueça de anotar e guardar o número do protocolo fornecido pela operadora.
2- Ao tomar conhecimento do nº do IMEI, anote-o e guarde a informação num local onde você possa encontrá-lo facilmente, uma boa pedida é enviar um e-mail para você com o número ou guardar em forma de arquivo de texto em um disco virtual de sua preferência.
3- Procure informar aos seus contatos cadastrados no aparelho e ou no chip sobre a perda ou o roubo.


CONHEÇA DROPBOX, UM INTERESSANTE DISCO VIRTUAL GRATUITO


Espero que tenha gostado das dicas. Situações como perda ou roubo de celular podem acontecer com você ou com qualquer conhecido seu, não é verdade? Se achou este post útil e tem algo a acrescentar, participe, deixando seu comentário, envie e-mail para seus contatos e não deixe de compartilhar este artigo, clicando no botão "Compartilhe" abaixo e escolha as redes sociais de sua preferência.

Fonte: Wikipedia, a enciclopédia livre
Créditos das imagens:
1ª imagem: gera-dicas.blogspot.com
2ª imagem: aroldomedina.blogspot.com
3ª imagem:  www.oficinadanet.com.br)

Nenhum comentário:

nRelate - Posts Only